Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Reforço para as unidades prisionais do Estado

Publicado em 08/07/2015 às 16:51 - Atualizado em 08/07/2015 às 16:52

Treinamento intensivo aconteceu na Unidade II da Penitenciária da Região de Curitibanos
Créditos: Marcela Tigre Baixar Imagem

Com duração de 12 dias, no ultimo dia 26 de junho, encerrou o curso de Técnicas Operacionais Penitenciárias, que aconteceu na Penitenciária da Região de Curitibanos e envolveu agentes penitenciários de todo o Estado.

O curso foi coordenado pelo instrutor e diretor da Academia de Justiça e Cidadania (Acadejuc) Marcelo Coelho que teve o apoio de nove instrutores, sendo o primeiro curso de treinamento intensivo, em regime de internato, realizado pelo Departamento de Administração Penal - Deap em Santa Catarina.

De acordo com Marcelo, o curso é voltado para o desenvolvimento de competências e habilidades técnicas, que além de capacitar para realização de um trabalho de excelência nas Unidades Prisionais, esteja em consonância com os acordos internacionais de proteção aos direitos humanos, no sentido de garantir e preservar os direitos fundamentais do cidadão em situação de cárcere.
Segundo ele, com aulas práticas e teóricas, envolvendo disciplinas como direitos humanos, primeiros socorros e técnicas de escoltas e armas longas, como fuzis, o treinamento foi realizado durante todos os dias, das 7 da manhã à 1 hora da madrugada, com pausa apenas para refeições.

“Esse foi mais um curso técnico da nova política da Secretaria de Justiça e Cidadania, que visa se antecipar às ocorrências oferecendo cursos e treinamentos aos seus agentes operacionais. Cabe destacar que, uma das melhores parcerias no Estado para realização desse tipo de curso é justamente com SCS, onde o local oferece amplo espaço e condições para o treinamento. O curso foi realizado na unidade II, ainda não inaugurada, sendo possível simular situações bem próximas da realidade da profissão de agente penitenciário” contou.

Conforme o diretor da Penitenciária Vladecir Souza dos Santos, a meta da Secretaria de Justiça e Cidadania é de realizar cursos mensais até que, no prazo de até dois anos, a formação alcance todos os agentes do Estado.

Dos 32 participantes, apenas 26 conseguiram cumprir com todas as etapas e receber certificação, entre eles, quatro mulheres, sem qualquer tratamento diferenciado.

A cerimônia de entrega de certificados foi realizada na noite da última sexta-feira (26), na sede campestre do Pinheiro Tênis Clube, em Curitibanos e contou com a presença do secretário adjunto de Justiça e Cidadania Leandro Soares Lima, do diretor do Deap Edemir Alexandre Camargo Neto, da direção da Penitenciária da Região de Curitibanos e familiares dos formandos. 

 

 

Novidades:

O diretor da Penitenciária Vladecir Souza dos Santos adiantou a possibilidade da Região de Curitibanos, nos próximos meses, sediar o Curso de Formação Inicial para Agentes Penitenciários, que contará com a participação de mais de 200 novos profissionais já aprovados em concurso público.